quinta-feira

Curso marcenaria 2011

Curso de marcenaria qualificação fotos e videos  da turma 2011 1º semestre.
























sábado

Tipos de grampos.

Grampos tubo e barra pesada.

Use-os para aplicar muita pressão por uma longa distância, como na colagem de uma quadro e almofada.  Braçadeiras para tubos são a alternativa mais barata.  Os modelos de tubo são mais fortes, mas 1 / 2" modelos de tubo irá atender a maioria das necessidades.  Eu bar-tipo são mais rígidas e aplicar a maior pressão quando necessário como em portas passagem colagem.

Grampo
Esta 3 / 4 "conjunto de braçadeiras de tubo padrão incorpora parafusos Acme cortar aço com rosca para prender com segurança e aperto final.
Grampo T
Fixação t é um grande valor e, o melhor, embora adequado para trabalho pesado, vai funcionar em praticamente qualquer aplicação de aperto.


Grampo I
 Esses grampos bar há muito tempo um padrão de resistência, rigidez e capacidade de aplicar muita pressão.
Grampo braçadeira de alumínio. 
 Design exclusivo Rockler de recursos extra-wide "pé para a estabilidade excepcional e maior base que levanta 1-1/2 bar" 2-1/2 .



Grampo Estilo
 Este grampo tem barras de aço revestido, cabos de madeira e almofadas giratória. Comprimentos de 12 "a 30".
























Grampos leves
 Estes aplicam uma leve pressão por uma longa distância e ter mandíbulas mais profundo do que grampos barra pesada para chegar mais longe perpendicular a partir do bar

Grampo rápido
 Rápido ação bar apertos em qualquer lugar.  Bar é 1 / 4''x 3 / 4''.  Mandíbula é 2-1/2''de profundidade



Grampos  K-Corpo
 De alta pressão de fixação, 90 graus de fixação, ou poderoso espalhando, a nova K Corpo REVO é uma escolha ideal.  Suas mandíbulas grandes distribuir mesmo a pressão por toda a superfície da obra.   Liberação rápida da maxila
Professional Series Grampos
O máximo em estabilidade, estes grampos são inestimáveis para aplicações de alta pressão e aberturas de largura.  Disponíveis em uma ampla variedade de tamanhos, estas Grampos e novo recurso ergonômico trata composto e ter tampas protetoras em ambos os maxilares.


Grampos de bordo engatilhado.
Esses grampos  são amplamente utilizados por restauradores de móveis, marceneiros, luthiers e amadores.  Leve em peso com uma ação rápida que produz boa pressão, quando totalmente engatilhada.  Bar é feito de aço mola, com uma cara de cortiça para evitar estragar e marcar as peças.

Grampo Pistola – braçadeiras.
Pistola - braçadeiras tomar apenas uma mão.  Até 440 libras de pressão de aperto.  Barra de aço resistente e mandíbulas composto resistir flex.  Mandíbula superior pode ser facilmente removido e anexado à extremidade oposta da barra para criar.
Grampo Pistola – braçadeiras.
Pistola - braçadeiras tomar apenas uma mão.  Até 440 libras de pressão de aperto.  Barra de aço resistente e mandíbulas composto resistir flex.  Mandíbula superior pode ser facilmente removido e anexado à extremidade oposta da barra para criar.


Comprimento da mandíbula.
 Este é prender o marceneiro clássico banco para a colagem e montagem.  Mandíbulas de madeira duráveis não vai estragar o trabalho e são menos propensos a cair de mandíbulas de aço.  Ele tem uma garganta profunda e pode ser usado para aplicar uma ampla área de pressão uniformemente distribuída ou concentrada em um ponto de contato. Jaws pivot to grip nonparallel surface
Grampo tipo C 


Grampos especiais
 Aqui está uma coleção de grampos especiais que eu encontrei útil.
Grampo primavera.
Grampos de mola são realmente útil quando você só precisa segurar alguma coisa no lugar enquanto você faz outra coisa. Don't apply enough pressure for glue clamping, just holding things in place. Não aplique pressão suficiente para cola de fixação, apenas segurando as coisas no lugar.




Grampo molaGrampos de mola grande obra para a realização de qualquer articulação juntos, como molduras.


Grampo angulo.
Este grampo é configurado especificamente para prender duas partes a 90 graus um do outro. Maximum opening: 7/8'' one side and 2-1/2'' other side for members of different thicknesses and 1-3/4'' for members of equal thicknesses. Abertura máxima: 7 / 8''de um lado e 2-1/2''outro lado''para os membros de diferentes espessuras e 1-3/4 para os membros de igual espessura.

Ajustável
15 tira o pé, o mecanismo de fixação catraca.  Grampos  são grandes para chegar ao redor de qualquer objeto, regular ou irregular em forma


Muitas vezes você vai ouvir-se dizer que você nunca pode ter grampos suficiente.  Há várias razões para isso.  Primeiro de tudo, na maioria dos cola é melhor usar um monte de grampos de cada aplicação um pouco de pressão ao invés de apenas uma pressão cada poucos aplicando muito.  Isso ajuda a assegurar uma pressão uniforme ao longo da área de cola para uma boa ligação.  Mas também, existem vários projetos de fixação diferentes cada um dos quais é útil em determinadas situações, mas outros não.  Mas desde que grampos não são baratos, poucas pessoas têm dinheiro para comprar uma dúzia de cada tipo de uma vez.

Aqui estão algumas estratégias:
          Faça seu próprio-kits estão disponíveis fornecendo-lhe as alças e parafusos para fazer  Você também pode fazer grampos barra de madeira que eles são volumosos.
          Emprestar - você pode precisar de grampos determinados para um projeto específico que você não vai precisar mais uma vez, então por que comprá-los se o seu amigo na rua tem.
          Compre apenas o que você precisa quando você precisa-os grampos listados acima serão entregues à sua porta com bastante rapidez, de modo que você pode esperar até que você precisa deles para comprar.  Leia atentamente as descrições de modo a obter o direito tipo de grampo.
          Comprar o direito tipo, há uma série de novos aderência rápida e braçadeiras outro tipo no mercado, que funcionam bem, mas são caros.  Obter o básico primeiro eles terão a aplicação mais ao longo do tempo.  Os princípios são grampos barra pesada (alternativamente, braçadeiras para tubos), braçadeiras leves bar, parafusos e grampos mão C.

sexta-feira

Tipos de Cozinhas.

Esta pagina mostra bem os varios tipos de cozinhas focados nos designer.

http://www.casosdecasa.com.br/index.php/tag/cozinha/

Móveis multiuso.

Puff que vira mesa, módulos que viram estantes, revisteiro que vira banco: mergulhe no incrível universo dos móveis multiuso.


http://www.casosdecasa.com.br/index.php/tag/estilo/page/8/

Envergar madeira


 Envergar madeira.

O processo de vergar a madeira foi inventado pelo marceneiro alemão Michel Thonet, no início do século XIX. Ele descobriu diversas maneiras de curvar a madeira através da água, da cola quente e, mais tarde, do vapor. Em poucos anos, sua invenção, aplicada na fabricação de móveis, já havia conquistado admiradores no mundo inteiro.

Quem poderia imaginar, no século passado, que os móveis Thonet ainda seriam um clássico 150 anos depois? Talvez o próprio Michael Thonet pudesse. Esse marceneiro alemão já era famoso na corte vienense quando desenvolveu, em 1842, um mecanismo a vapor capaz de curvar e moldar a madeira. Flexível, ela ganhava contornos que, por volta de 1859, se materializaram na célebre Cadeira 14 (ao lado). De encosto curvo e assento de palhinha, ela se transformou em uma das cadeiras mais vendidas do mundo - e na marca registrada de seu autor. Tão hábil para antecipar o futuro quanto para forjar a madeira, Thonet produziu móveis leves, baratos e elegantes em escala industrial.

O arquiteto Le Corbusier (1887-1965), que utilizava essas peças para equipar seus edifícios, assim se referia às cadeiras Thonet: "Pela elegância da concepção, pureza da execução e eficácia da utilização,    nada melhor foi feito até hoje".


Em 1908, João Gerdau trouxe esta arte para o Brasil, quando nasceu a Thonart, indústria de móveis vergados que combina o processo original e artesanal criado por Thonet com avançadas tecnologias. A fábrica é, ainda hoje, a única deste gênero nas Américas.

Uma das particularidades do processo de envergamento da madeira está no fato de que as toras das árvores de açoita ficam de molho em água fluvial de 6 a 8 meses para amolecerem as fibras (curtas) - apropriadas para a envergamento; durante esse processo a madeira perde toda a sua seiva e como os cupins se alimentam dela, um móvel fabricado com esta madeira nunca será atacado por esses insetos tão temidos.

quinta-feira

Tipos de colas


.

As colas animais são muito utilizadas na montagem de capas e revestimentos, e ocasionalmente em linhas de acabamento de miolos não costurados.
Consistem de um ou mais tipos de gelatina em solução aquosa, e possuem elevada pegajosidade (tack) para uma secagem inicial média. Tais colas são disponíveis em pedaços de gelatina ou em pó granulado. Visto que as colas animais são derivadas de materiais naturais, estão sujeitas a fatores sazonais e tendem a variar conforme a fonte de suprimento. Os usuários de colas animais devem ser especializados em obter o grau certo de diluição e tack. Muitas colas animais envelhecem e se tornam quebradiças em meio ambiente quente e seco, que são as condições em ambientes com aquecimento central e nos lugares de clima árido e semi árido.


Os amidos, derivados do milho, batata e mandioca, são geralmente usados para produzir pastas para encadernação manual, entretanto, alguns são utilizados na colagem de guardas, encartes e montagem manual de capas de couro. Os amidos podem ser modificados com dextrinas, o que aumenta seu conteúdo de sólidos e sua secagem inicial. Embora as dextrinas não sejam amplamente usadas na indústria de encadernação, ainda encontram uso na colagem de encartes e em rotulagem.

Emulsões

Um adesivo de emulsão consiste de uma dispersão de partículas sólidas em veículo aquoso, junto com aditivos, para desenvolver propriedades de formação de filme, que devem ser feitas sob medida para cada tipo de aplicação. PVA, EVA e outros adesivos têm uma base sintética, mas podem conter muitos outros produtos sintéticos ou naturais, adicionados para produzir uma formulação específica. Os adesivos de emulsão podem variar em pH (acidez ou alcalinidade), no conteúdo de sólidos e nas características físicas, como por exemplo: baixa-viscosidade e alto teor de sólidos ou alta viscosidade e baixo teor de sólidos, secagem inicial rápida ou completamente lenta, rígido ou flexível.
Na encadernação, os adesivos de emulsão são usados para colar guardas e encartes , na aplicação de base, na colagem de reforço, na montagem de capas, na colagem da lombada, na colagem lateral e na colagem da capa ao miolo. São amplamente utilizadas no acabamento de produtos não costurados como base para hotmelt especiais e em outras aplicações de um ou multi estágios. Algumas emulsões podem ser reativadas,
outras são facilmente curadas por rádio-freqüência. Todas as emulsões secam por perda do veículo aquoso.


Os adesivos hotmelt são materiais termoplásticos, 100% sólidos, que fluem sob aquecimento; o filme final é obtido quando a sua temperatura é reduzida à temperatura ambiente, ou seja, quando o material começa a colar. O hotmelt consiste de polímeros, resinas formadoras de tack e graxas. Apresentam diferentes características, desde um tack muito elevado para uma secagem inicial rápida, a ponto de não necessitar limpeza completa do coleiro após a conclusão do trabalho.
Os adesivos hotmelt são usados principalmente em colagens de um estágio de livros de bolso e revistas, em multi-estágio na produção de catálogos e acabamento burst.
Combinado com material de reforço, pode ser usado em livros de lombada arredondada e prensada. Adesivos hotmelt modernos podem ser empregados numa ampla gama de suportes e, se formulado corretamente, apresentar vida útil elevada.

Adesivos hotmelt reativos (PUR)

Estes produtos são adesivos termossoldáveis, 100% sólidos, que polimerizam por ação da umidade. São produzidos a partir de uma gama de polímeros misturados em reator especial. Em presença de umidade, formam ligações cruzadas e se transformam numa pele que resiste ao reaquecimento; isto também fornece resistência a temperaturas elevadas, refrigeração e a solventes, muito acima dos adesivos hotmelt comuns. A segunda geração de adesivos hotmelt reativos apresenta alto nível de tack que reduz a necessidade de estocagem intermediária ou sistemas especiais de transporte, podendo ser cortados ou serrados dentro de um minuto.
Adesivos hot-melt reativos são utilizados principalmente no acabamento de produtos não costurados ou com papéis difíceis, que normalmente requerem costura para se obter um produto adequado. Os testes de laboratório ainda não determinaram o tempo de vida útil destes produtos.


O mecanismo da adesão
Uma superfície "opticamente plana" sempre parecerá de fato rugosa quando examinada num microscópio, ou seja, numa escala molecular. Portanto, duas superfícies nunca têm 100% de contato, e raramente terão mais do que 10% de área de contato entre si. Estas podem ser unidas por meio de dois processos básicos:


Adesão mecânica:
Ocorre apenas com materiais absorventes; as moléculas dos polímeros no adesivo, entre as duas superfícies, interliga-os por penetração entre as suas trincas superficiais. De maneira similar, um monte de fibras é mantido unido puramente por forças mecânicas envolvidas no seu entrelaçamento. A adesão mecânica é o fator primário que concorre para a força de ligação na colagem de papel com papel e de tecido com borracha.
Adesão química ou específica:
 
Tendo discutido os diferentes métodos pelos quais os adesivos formam uma colagem final, vamos considerar suscintamente como os hotmelt e as emulsões trabalham.
No caso de uma emulsão, que consiste numa suspensão estabilizada de partículas discretas em água, as forças de estabilização estão razoavelmente fracas, de forma que quando o teor de sólidos alcança 65-70%, estas forças são superadas e as partículas da emulsão coalescem para formar um filme contínuo e resistente. Assim, uma emulsão dará um rasgo de fibra inicial enquanto uns 20-25% de água permanecem no filme. Desta forma, uma emulsão de PVA cola aproximadamente duas vezes mais rápido do que uma solução de dextrina de mesma viscosidade e teor de sólidos.
O hot-melt adere por resfriamento. Desde o instante em que um pouco de hotmelt é aoplicado a uma grande superfície a ser colada, em temperatura ambiente, este resfria rápidamente e a partir daí pode arrancar fibras dentro de 1-5 segundos. Assim, os hotmelt são os coladores mais rápidos (por resfriamento), as emulsões vem a seguir (por coalescência da suspensão) e as mais lentas são as soluções (por penetração e perda do
veículo).

Este artigo é de autoria de
Sérgio Rossi Fil

segunda-feira

Esculturas e marchetaria de Everton Martim

Trabalhos confeccionados  pelo ex- aluno Everton Martin.

Contatos, everton_l_m@hotmail.com 
 





Marchetaria, um relogio feito com moldura de madeira de tauari, com imbuia maciça, laminas de mogno. amapa, imbuia.




Aqui estou enviando alguns trabalhos entalhados no inicio de trabalho.



Aqui tem mais um trabalho entalhado, inicio de um trabalho do sol.







AQUI ESTOU MANDANDO FOTO DO TRABALHO FEITO EM PALITOS DE PICOLE, UM ABAJUR, EM FORMATO ESTRELA COM CARACOL.








Entalhados, dragao tigre, peixe, rosa.

Encaixes em madeira

Encaixes em madeira para fabricação de móveis.

(1) Espiga
(2) Espiga com detalhe em 45º
(3) Cavilha
(4) Conexão cavilha curva
(5) Malhete rabo de andorilha.
(6) Cunha encravado

(7) Espiga dupla
(8) Encaixes com pinos
(9) Para um pé o buraco e preso a uma espiga.





Encabeçamento com madeira